A Direção Executiva Regional do PT escolheu uma comissão de dirigentes que elaborará uma proposta para o partido participar das eleições de 2.018.

Esta Comissão terá também a responsabilidade de iniciar os diálogos com outros partidos com o objetivo de compor alianças para a disputa do governo do Distrito Federal.

Esta Comissão será formada pela Presidenta Érika Kokay, pelo Líder Deputado Ricardo Valle, pelo Secretario Geral, Abimael Nunes, pelo ex-Deputado Federal Geraldo Magela, pelo Deputado Chico Vigilante, pela ex-Vice-Governadora Arlete Sampaio e pelo ex-Deputado Federal Roberto Policarpo.

Por decisão dos delegados presentes ao 6o. Congresso Regional, realizado em maio, o PT já decidiu que não há possibilidade de aproximação com o governador Rolemberg.

Ao mesmo tempo, o Congresso decidiu que o PT deverá dialogar com outros partidos do campo democrático e popular e que deverá apresentar nomes para a disputa dos cargos majoritários, Governador e Senador.

A comissão aprovada tem como objetivo analisar as possíveis variações do cenário eleitoral, como a Reforma Política, por exemplo.

Além de iniciar o diálogo com outros partidos, esta Comissão também identificará  as candidaturas internas para a Câmara Legislativa e para o Congresso Nacional.

 Todas essas ações vão compor uma proposta de tática eleitoral que será apresentada à Executiva e, posteriormente, ao conjunto do partido no

Congresso Extraordinário, exclusivo para o assunto, a ser realizado em outubro.

 

Com informações do PT DF

O PT é o maior partido de esquerda do país. Aqui no DF não é diferente e temos a perspectiva de, com essa comissão, protagonizar a formação de um campo democrático e popular que seja capaz de devolver a cidade para a população. A aliança pretendida, para além das táticas eleitorais, se dará por um programa que vise a disputa eleitoral de 2018, mas que também dispute a hegemonia política na cidade com o campo da direita”, ressalta a presidenta Erika Kokay.

Comentários

Comentários